calculo desconto vale transporte clt

Empregador desobrigaÇÃO, o empregador que proporcionar, por meios próprios ou contratados, em veículos adequados ao transporte coletivo, o deslocamento, ganhe curtidas nas suas fotos residência-trabalho e vice-versa, de seus trabalhadores, está desobrigado.
O usuário que utiliza os nossos serviços o faz por sua conta e risco, e aceita que não temos qualquer responsabilidade por danos de qualquer natureza resultantes desta utilização.A definição dos percentuais de ambos, irá variar conforme as faixas salariais (veja as tabelas vigentes do inss e irrf 2015).Nele, você encontrará informações sobre outros cálculos trabalhistas.Não existe determinação legal de distância mínima para que seja obrigatório como ganhar musculo no braço o fornecimento do Vale-Transporte, ou seja, se o empregado declara que utiliza transporte coletivo por mínima que seja a distância, o empregador é obrigado a conceder o benefício. .A concessão do Vale-Transporte autoriza o empregador a descontar, mensalmente, do beneficiário que exercer o respectivo direito, o valor da parcela equivalente a 6 (seis por cento) do seu salário básico ou vencimento.Este serviço não deve ser utilizado em substituição a um profissional habilitado.
Para obter a íntegra do presente tópico, atualizações, exemplos e jurisprudências, acesse o tópico.
O empregado para passar a receber o Vale-Transporte deverá informar ao empregador, por escrito: seu endereço residencial; os serviços e meios de transporte mais adequados ao seu deslocamento residência-trabalho e vice-versa.
O Vale Transporte (VT) constitui benefício que o empregador antecipará ao trabalhador para utilização efetiva em despesas de deslocamento residência-trabalho e vice-versa.
Não existe determinação legal de distância mínima para que seja obrigatório o fornecimento do VT, então, o empregado utilizando-se de transporte coletivo por mínima que seja a distância, o empregador é obrigado a fornecê-los.
O empregador deve descontaale-transporte DOS dias DE afastamentos/faltas DO empregado?Custeio, o VT será custeado: pelo beneficiário, na parcela equivalente a 6 (seis por cento) de seu salário básico ou vencimento, excluídos quaisquer adicionais ou vantagens; pelo empregador, no que exceder à parcela referida no item anterior.BeneficiÁrios, são beneficiários do VT os trabalhadores em geral e os servidores públicos federais.Para saber mais sobre como é feito o cálculo do salário líquido e quais outros montantes podem ser descontados, acesse nosso blog.Em nosso site só são calculados os descontos do inss e irrf.NÃO cobertura DE todo trajeto, o empregador que fornece ao beneficiário transporte próprio ou fretado que não cubra integralmente todo o trajeto deverá fornecer VT para os segmentos da viagem que não foram abrangidos pelo transporte fornecido.Lei.418/1985 estabelece que o Vale-Transporte deve ser usado exclusivamente para este fim.Excluem-se das formas de transporte mencionadas os serviços seletivos e os especiais.Havendo previsão em acordo ou convenção coletiva de trabalho, o empregador poderá se valer da concessão de tal benefício em dinheiro, fazendo constar em folha de pagamento o valor pago mensalmente.




[L_RANDNUM-10-999]